Crie o seu próprio aplicativo e comece a ganhar dinheiro com ele

Os modelos de Androids e iPhones existentes no mercado primordialmente, tomaram o mundo e passaram a proporcionar novas oportunidades de negócios.

A cada dia por meio deles, novas oportunidades surgem, principalmente pelos recursos oferecidos em ambos os sistemas.

Não é novidade que, de alguns anos para cá, os celulares passaram a ser muito mais que um simples telefone.

Tornando-se uma espécie de santuário de informações, além de ser um link para o mundo “externo” ou virtual.

Seguindo esta linha vieram em seguida, com os sistemas operacionais os chamados apps, ou aplicativos, que são as fontes na qual o usuário busca as informações que precisa, entre outras coisas.

Quando falamos de app o que muita gente pensa – e se equivoca – é que apenas as grandes empresas se beneficiam desta ferramenta.

A verdade é que cada vez mais as pequenas e médias companhias, do mesmo modo, já adotam esta tendência.

Entendendo que uma estratégia mobile eficaz envolve mais do que apenas um site responsivo.

Pensando no fato de que as empresas precisam estar por dentro de todos os caminhos no mundo digital, de modo que apareçam para os seus usuários e tenham maior visibilidade.

Além de, gerar mais oportunidades e melhor o seu negócio, listamos um guia de 3 passos para criar um app de sucesso.

Confira!

1 – Defina o seu objetivo e um ponto de início

Afinal, não há negócio que cresça sem que ele tenha um objetivo ou um bom plano de ação. Criar um aplicativo bem sucedido também é preciso estabelecer uma meta: qual o objetivo do meu app?

De antemão, um erro comumente praticado na hora de criar um aplicativo é fazê-lo sem qualquer tipo de planejamento, sem um objetivo concreto e, tão pouco no retorno de investimento que ele trará.

O 1 o passo é a fase pré-operacional, ou seja, a concepção do aplicativo. O app precisa ter algo que atraia o interesse do usuário ou forneça a ele alguma solução pontual.

Ao definir a função, pense na possibilidade de aperfeiçoar algum aplicativo que já exista no mercado. Você não precisa ter ideias super criativas ou “absurdas” para ter sucesso.

É recomendável ainda pesquisar o mercado afim de ver qual seria a concorrência, quem seria o seu usuário e definir porque se interessariam pelo seu app.

2 – Crie um esboço do seu aplicativo e leve para fazer isto o tempo que for necessário

Uma vez definido o objetivo e, escolhido o diferencial que o seu app fornecerá aos usuários, o 2 o passo é analisar a sua usabilidade.

Todavia, apesar desta palavra parecer complicada o conceito é simples: você precisar se colocar no lugar de quem poderia se interessar pelo seu aplicativo e pensar em toda a sua estrutura.

Como será a tela de apresentação? Será preciso fazer o login para acessá-lo?

Será um e-commerce com carrinho e produtos? Farei o uso de textos? São algumas das perguntas que precisam ser respondidas!

Antes de tudo, uma das dicas é pensar a usabilidade de modo que a mesma ofereça uma experiência agradável.

Se você fizer uso de um aplicativo que ofereça muitos desafios dificilmente o usuário voltará a utilizá-lo.

Pesquise a ‘concorrência’ e preste atenção nos apps que você eventualmente utiliza e que contém um número expressivo de usuários, para ver como é o processo e o caminho que o usuário percorre.

Já ouviu aquela expressão: “Menos é mais”?

Neste caso, quanto mais simples, prático e bonito, melhores serão os resultados.

Crie uma sequência de telas e defina como elas iram funcionar.

Uma dica é fazê-lo em um rascunho, e analisar as sequências. Uma vez mais é fundamental se colocar no lugar de quem vai baixar o app: o usuário.

Cada vez mais interativos, inserir no aplicativo áreas para esclarecer as dúvidas mais frequentes, telefone de contato e políticas de privacidade devem fazer parte do escopo do app.

3 – Conseguir um designer gráfico e um programador

Além de ter a ideia, o esboço e a usabilidade, é preciso ainda se focar em dois aspectos fundamentais que compõem o app: o design gráfico e a sua programação e este é o 3 o passo.

Com tantos profissionais no mercado, você certamente não terá dificuldades para contratar programadores, designers gráficos e web designers freelance.

Que, é claro, ofereçam qualidade, agilidade e preços atrativos.

Afinal, o design é o ‘cartão de visita’ do seu aplicativo logo, ele precisa causar uma boa impressão e ser de qualidade. Se for um app que não agrade, com uso equivocado das cores e formas, é fato que menos pessoas irão querer baixá-lo.

Com a programação não é diferente! Ela tem que ter qualidade para que o app funciona perfeitamente.

Além disso, sua estrutura precisa ser definida para que suas funções básicas desde o princípio possam crescer e ampliar caso isso se faça necessário.

Uma alternativa mais conveniente e disponível no mercado para poder transformar a sua ideia de app em um negócio é contratar freelancers que executem este serviço.

Tec4you tem a solução perfeita para o seu e-commerce

A cada ano o e-commerce vem se tornando uma das mais importantes ferramentas da internet quando o assunto é vendas, não é mesmo?

Por estar em constante evolução, principalmente por possibilitar aos consumidores adquirirem bens e serviços de qualquer canto do mundo, ele também surge como um importante aditivo ao modelo de negócio convencional.

Além de ser responsável direto no impulsionamento das vendas e alcançar praticamente todos os tipos de público, ainda é considerado uma ferramenta de marketing na divulgação de marcas, produtos e serviços.

Para quem hoje precisa de uma plataforma, seja ela simples ou melhor elaborada, a Tec4you desponta no mercado.

Com ótimas soluções para que sua empresa atraia, aumente, fidelize e melhore o relacionamento com os clientes.

Se é de um e-commerce que você precisa acesse https://www.tec4you.com.br/site-ecommerce/ ou entre em contato no WhatsApp pelo (11) 95067-8051!

Tags :
ecommerce, lojaonline, lojavirtual

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *