E-commerce e as principais mudanças impostas pela pandemia

Antes de mais nada a pandemia iniciada em meados de março do ano passado forçou a sociedade a enfrentar uma série de mudanças e impactou de forma irreversível nos hábitos de convivência e consumo de bilhões de pessoas.

Entre os setores a sofrer de forma mais significativa, principalmente pelo distanciamento social imposto pelas autoridades, foi o comércio. 

Com as restrições sociais muitas pessoas foram proibidas de circular livremente por ruas e lojas e isso fez com que o faturamento de muitas empresas caísse drasticamente.

Diante deste cenário, muitas organizações encontraram no e-commerce uma forma de evitar perdas ainda mais extremas ou até mesmo a falência. Curiosamente, como consequência, todo o setor acabou crescendo consideravelmente.

De acordo com relatório da Mastercard SpendingPulse, o e-commerce no Brasil apresentou um crescimento de 75% em 2020 se comparado ao ano anterior e isso se deu, sobretudo, justamente após o início do isolamento social.

Por fim, para entender melhor de que forma a pandemia realmente impactou no comércio, confira  as mudanças que a Covid-19 exigiu para quem atua com o e-commerce e aplique-as ao seu negócio ou empresa.

Invista pesado em um e-commerce

As empresas que não estavam no mundo digital viram na migração para o e-commerce uma oportunidade de se manterem ativas e faturando.

Um levantamento feito pela Visa Consulting & Analytics, braço de consultoria da Visa, mostrou que mais de 70 mil comércios que atuavam apenas no mundo físico entre abril e junho de 2019 entraram para o universo online neste mesmo período em 2020.

O Estado que apontou o maior crescimento nesta migração foi Roraima. Com uma alta de 145% no número de lojas indo para o mundo virtual, seguido por Tocantins e Rondônia com 113% e 84%, respectivamente.

Já as empresas que faziam parte do mercado digital, passaram a investir ainda mais com campanhas, mão-de-obra e diferenciais. Visando atrair mais visibilidade e clientes, além de fidelizar os já existentes.

Segundo uma análise realizada pela IDC Consultoria, os consumidores também estão seguindo a mesma direção que as empresas.

De acordo com uma pesquisa realizada com cerca de três mil consumidores, 56% dos brasileiros pretendem manter o hábito de fazer as compras on-line.

Todo esse foco no e-commerce vem aumentando, não apenas os lucros do setor, como também as oportunidades.
Vale destacar que, com o aumento nos investimentos é possível esperar mais possibilidades de emprego. Tanto para profissionais especializados em atendimento e tecnologia, como para profissionais focados em estratégias de marketing, logística entre outros.

Como aproveitar melhor as mudanças no setor de e-commerce?

A migração para o mercado digital fez com que a concorrência neste setor também aumentasse exponencialmente.

Por isso, não basta apenas colocar seus produtos à venda em um site ou plataforma de vendas.

Mais do que nunca, é preciso adotar estratégias eficientes. Bem como contar com profissionais que saibam o que estão fazendo para que sua empresa possa se destacar da concorrência.

Além disso, é importante considerar não somente conseguir novos clientes mas manter e fidelizar aqueles que você já possui.

No entanto, para que isso aconteça é importante entender uma série de fatores importantes no setor de e-commerce, que vão muito além de preços acessíveis e atrativos.

Quer que a sua empresa se sobressai diante das demais no mercado digital, saiba como:

A.) Entregas mais rápidas

Quando alguém compra pela internet, ela sabe que este processo conta com trâmites como aprovação do pedido, pagamento e emissão de nota para o envio do produto.

No entanto, é importante ter em mente que quanto mais ágil for todo esse processo e menor for o custo desse envio, maiores serão as chances do seu cliente fazer uma nova compra futuramente.

B.) Descontos e preços justos

Dependendo do segmento em que a sua empresa atua são grandes as chances de outras no mercado oferecerem o mesmo. Por isso, para se manter ativo na concorrência a dica é que além de um preço justo, sempre que possível você disponibilize descontos e vantagens nas compras.

C.) Atendimento diferenciado

Uma forma de fazer com que um cliente opte sempre pelo seu produto ao invés de um concorrente é oferecer a ele um atendimento personalizado.

Com o distanciamento social e, uma forma de proporcionar este tipo de atendimento é por meio de videochamadas.

Utilizar este tipo de tecnologia na hora de fechar uma venda possibilita conectar o vendedor e o cliente tornando o processo de compra algo mais próximo e real.

Além disso, pode ainda ser um excelente diferencial para quem busca mais orientação na hora de efetuar uma compra digital.

D.) Plataformas acessíveis e intuitivas

Imagine um cliente entrando em um supermercado. Ele enche o carrinho de alimentos, bebidas, produtos de limpeza, tudo que está faltando em casa.

No entanto, em vez de passar no caixa, ele abandona o carrinho no corredor e vai embora sem pagar nada.

A cena parece absurda, não é mesmo? Saiba que isso acontece toda hora no mundo virtual.

Por fim, para evitar este tipo de situação quanto mais simples for a sua plataforma de vendas, tanto para o manuseio quanto visualmente, melhores serão os resultados.

Sites com muitas informações visuais, podem deixar o consumidor irritado fazendo com que o mesmo desista da compra.

Além disso, existe espaço para todo mundo no mercado digital. No entanto, se você não souber aproveitar as oportunidades que as mudanças no setor de e-commerce trouxeram devido à pandemia, pode ser que seu sucesso seja menor que o esperado.

Por fim, para quem hoje precisa de uma plataforma, seja ela simples ou mais elaborada, a Tec4you desponta no mercado com as melhores soluções para as empresas que queiram atrair, fidelizar e melhorar o relacionamento com os clientes.

Se é de um e-commerce que você precisa acesse www.tec4you.com.br/sites/
ou entre em contato no Whatsapp pelo (11) 95067-8051!