SEO: melhores tendências em 2020

SEO (Search Engine Optimization), significa um conjunto de técnicas que visam melhorar o posicionamento de sites em determinados motores de busca.

O Google e outros sites de busca procuram indexar uma pagina postada na internet de modo que ela seja encontrada por quem a esteja procurando.

Como são milhões de páginas publicadas todos os dias na rede, isso faz com que a concorrência seja muito forte e é justamente aí que entra o SEO.

Por fim, este método tem se tornado um dos pilares para qualquer empreendimento ganhar autoridade no mundo digital.

Mais do que isso, aplicando corretamente esta técnica, é possível alcançar o maior número de pessoas ampliando assim, de forma exponencial, o seu alcance orgânico.

Qual a importância do SEO atualmente?

O SEO e sua importância está relacionada diretamente com o alcance que ele proporciona para uma marca.

Para conseguir sair na frente da concorrência é necessário ter uma excelente visibilidade e contar com uma estratégia de SEO. Isto porque esta ferramenta é essencial para garantir o crescimento de uma empresa uma vez que é ele que garante um fluxo frequente de pessoas para as suas páginas na internet.

Quem tem por hábito fazer pesquisas na internet sabe que são poucas as pessoas não acessam a segunda página dos resultados nos motores de busca, não é mesmo?

Portanto, fazendo esta análise a fácil afirmar que os sites que não aparecem de cara na primeira página ficam com pouco tráfego disponível.

Um bom artigo escrito hoje, por exemplo, poderá render frutos em dois, três e até mais anos, se for revisitado ou se tiver novas informações adicionadas de tempos em tempos.

Por fim, se você pretende se manter atualizado com as novidades do marketing de busca, tem que conhecer as tendências de SEO em 2020 – apesar do ano estar acabando – impulsionadas pelas atualizações do Google, pelas mudanças de tecnologia, além do comportamento do usuário e evolução do mercado.

Portanto, confira essas dicas:

1. Potencialize o site com os fatores E-A-T

A leitura feita pelo Google a respeito do conteúdo publicado por um site e sua qualidade e que mereça figurar entre as primeiras colocações da busca, é modificada de tempos em tempos.

No início do sistema de busca, eram a quantidade de backlinks que a página recebia e a correspondência de palavras-chave que valia.

Na sequência, o que passou a contar foi a qualidade do conteúdo de cada página. Posteriormente, valia também a qualidade dos sites que linkavam para a página.

O buscador considera três importantes fatores para avaliar se as páginas merecem aparecer bem posicionadas nos buscadores:

  • Expertise (nível de conhecimento);
  • Authoritativeness (autoridade);
  • Trustworthiness (confiabilidade).

Essas palavras compõem os fatores E-A-T, que são apresentados pelo Google no Search Quality Evaluator Guidelines ou Diretrizes do Avaliador de Qualidade de Pesquisa, que são um conjunto de orientações disponibilizadas pelo próprio Google para que avaliadores externos de qualidade possam julgar páginas da web de acordo com seus critérios.

Por fim, esses fatores não serem critérios de rankeamento do algoritmo torna evidente o que o Google avalia como importante para classificar as páginas. Logo, merece toda a atenção nas estratégias de conteúdo e SEO.

2. Reflita sobre a experiência dos buscadores além do site

Qual é a missão do Google? Oferecer, da maneira mais rápida e precisa, o melhor resultado para o que o usuário busca na rede.

O buscador não está preocupado com o tráfego que é gerado para o seu site, mas sim a experiência do usuário, independentemente se ele vai visitar ou não o seu site.

Já reparou que muitas vezes, o usuário nem mesmo precisa acessar os sites para obter a informação que busca? O bacana é que ali mesmo podem estar disponíveis as informações estratégicas para o seu negócio.

Uma dica: knowledge graph, featured snippets, rich answers, além da seção “as pessoas também perguntam”, podem trazer respostas prontas para os internautas antes dele clicar em qualquer link.

3. Utilize o Google Meu Negócio para gerenciar sua empresa

Pergunta simples: sua empresa está no Google Meu Negócio? Se a resposta for não, essa é a hora de color como meta em suas estratégias de SEO em 2020.

Apesar de existir desde 2014, essa vertical do Google vem se tornando cada vez mais importante para o buscador.

Quem acompanha as evoluções do Google sabe que ele tem se dedicado para trazer as respostas que os usuários querem da forma mais prática e ágil.

Os propósitos do Google Meu Negócio: oferecer ao usuário a oportunidade de sequer precisar sair da página de busca para ter acesso a uma série de informações relevantes.

Além disso, entre estas informações estão horário de atendimento, telefone de contato, endereço, orientações de acesso, avaliações dos usuários, perguntas e respostas, fotos e dentre outros dados.

Por fim, para determinados tipos de negócios, as possibilidades disponíveis incluem ainda menus para restaurantes, reserva de hospedagem e divulgação de eventos.

4. Buscas visuais já são uma realidade

Não é novidade que, desde o surgimento da televisão e com o advento da internet, as imagens tomaram-se fundamentais na comunicação, não é mesmo?

Faça um teste: abra um site, Instagram, Facebook ou o YouTube e perceba como a informação visual já se tornou primordial em relação à textual.

Ao avaliarmos o porquê desta tendência a resposta é que, sem tempo a perder, as pessoas buscam por informações de consumo de forma mais fácil e ágil.

Portanto, em uma comparação rápida você sabia que o cérebro humano precisa de apenas incríveis 13 milissegundos para identificar uma imagem? Incrível, não! Por outro lado, os textos exigem um tempo de processamento bem maior.

Seguindo este raciocínio, se o mundo está cada vez mais visual, é uma lógica inegável que o buscador siga esta mesma tendência.

Com o Google Imagens, a integração com o YouTube e a evolução da tecnologia para compreender imagens passaram a permitir que elas aparecessem na SERP.

O SERP é uma sigla em inglês (Search Engine Results Page), que em português significa Página de Resultados. Este termo técnico é utilizado para representar as páginas que exibem os resultados em uma busca na Internet.

O avanço das tecnologias e inteligência artificial possibilitaram que o Google oferecesse um recurso inovador lá em 2017: o Google Lens.

Além disso, por meio desta ferramenta, os usuários passaram a poder escanear praticamente de tudo ao seu redor com a câmera do celular e encontrar mais informações sobre ela.

Portanto, esta tendência de busca visual tem se consolidado e se fortaleceu no SEO em 2020.

Além disso, para acompanhar essa tendência, o marketing de conteúdo visual deve fazer parte de qualquer estratégia digital. O uso de vídeos, fotos, imagens, infográficos, GIFs e memes deve se tornar central na produção de conteúdo.

Por fim, é essencial contribuir com o Google para que ele entenda as suas imagens. Lembre-se que, apesar de a tecnologia do algoritmo do Google já ter evoluído até para ler pixels, compreender textos é sempre mais fácil.

Acesse nosso blog e veja mais dicas, acesse www.tec4you.com.br ou ainda pelo telefone (11) 2391-6060 e confira quais as soluções que podemos oferecer para você e para o seu negócio!